UOL Notícias Notícias
 
14/07/2010 - 12h53

Petróleo passa a subir após dados nos EUA

Nova York - Os contratos futuros de petróleo deixaram para trás as perdas da manhã após o Departamento de Energia dos Estados Unidos (DOE, na sigla em inglês) divulgar os dados sobre os estoques da commodity na semana terminada no dia 9 de julho. Antes da divulgação dos dados, os contratos com vencimento em agosto em Nova York eram negociados em queda de 0,9%, a US$ 76,46 o barril. Às 12h46 (de Brasília), eles estavam em alta de 1,02%, a US$ 77,92.

Os dados do DOE mostraram que os estoques de petróleo bruto nos EUA caíram 5,058 milhões de barris na semana, para 353,096 milhões de barris. A queda superou a estimativas dos analistas, que era de declínio de 1,2 milhão de barris. No fim da tarde de ontem, o American Petroleum Institute (API) divulgou um aumento de 1,7 milhão de barris nos estoques comerciais de petróleo na semana terminada em 9 de julho.

Nas últimas semanas, os dados do DOE têm indicado poucas mudanças significativas na demanda e oferta, levando os negociadores a procurarem por indicadores sobre a direção da economia, e assim sobre a demanda futura por petróleo, nos mercados de ações. Analistas dizem que uma alta contínua nas bolsas pode elevar os preços do petróleo, talvez acima da sua faixa de negociação atual, entre US$ 70 e US$ 80, escreveu Edward Meir, da MF Global, em nota enviada aos seus clientes. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host