UOL Notícias Notícias
 
14/07/2010 - 17h33

Petróleo recua após ata do Fed e fecha a US$ 77,04

Nova York - Os contratos futuros de petróleo fecharam em queda na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex) após o Federal Reserve (Fed, banco central americano) reduzir sua perspectiva de crescimento econômico para os Estados Unidos. Os contratos de petróleo com entrega para agosto negociados na Nymex fecharam em queda de US$ 0,11, ou 0,14%, a US$ 77,04 o barril, após terem atingido uma máxima de US$ 78,15 durante as transações. Na plataforma eletrônica ICE, o petróleo do tipo Brent para agosto fechou em alta de US$ 0,12, ou 0,16%, a US$ 76,77 o barril.

O Fed projetou que o Produto Interno Bruto (PIB) vai crescer entre 3% e 3,5% este ano, abaixo da última previsão, que era de um aumento entre 3,2% e 3,7%. Na ata da reunião de junho do Fed, as autoridades monetárias indicaram a possibilidade de que a economia possa precisar de mais estímulos monetários se apresentar sinais mais sérios de desaceleração.

O comentários do Fed são o sinal mais recente de que a recuperação econômica dos EUA está vacilando, o que levou os preços futuros de petróleo a cair, com os operadores antecipando que a demanda pela commodity também deve diminuir. A ata do Fed acabou com um rali que havia começado mais cedo, após o Departamento de Energia (DOE) divulgar um relatório mostrando que os estoques de petróleo nos EUA tiveram uma queda maior do que a esperada.

Além dos dados semanais sobre estoques e demanda, corretores do mercado de petróleo têm confiado fortemente nos relatórios sobre a força geral da economia para determinar os preços. Indicadores conflitantes levaram os futuros do petróleo a oscilarem em uma faixa entre US$ 70 e US$ 80 o barril nas últimas semanas. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h50

    0,32
    3,277
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h51

    1,60
    63.665,24
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host