UOL Notícias Notícias
 
15/07/2010 - 10h52

Bolsas de NY abrem em baixa com cautela

Nova York - As Bolsas de Nova York abriram em baixa hoje, após a divulgação dos números do auxílio-desemprego e do índice Empire State de atividade industrial do Federeal Reserve (Fed, banco central norte-americano) de Nova York nos Estados Unidos, que refletiram um cenário contraditório sobre a saúde da economia norte-americana. Às 10h50 (de Brasília), o Dow Jones caía 0,32%, o Nasdaq cedia 0,27% e o S&P 500 recuava 0,29%. Isso apesar do balanço do JPMorgan, que mostrou um aumento de 76% de seu lucro no segundo trimestre deste ano, para US$ 4,8 bilhões (US$ 1,09 por ação), em comparação com o mesmo período do ano passado. O balanço havia ajudado a acalmar parte dos investidores ainda perturbados pelas notícias de desaceleração do crescimento chinês.

O Produto Interno Bruto (PIB) chinês cresceu 10,3% no segundo trimestre em relação ao mesmo período do ano passado, comparado a uma taxa de 11,9% no primeiro trimestre, segundo informou o Escritório Nacional de Estatísticas. Os futuros em NY reduziram seus ganhos após a divulgação do índice Empire State de atividade industrial do Fed de Nova York, que registrou uma queda para 5,08 em julho, de 19,57 em junho, bem abaixo da previsão dos economistas, de 18,5.

Mas números do emprego e da inflação ajudaram a formar um cenário contraditório sobre a economia americana. O número de pedidos de auxílio-desemprego caiu 29 mil, para 429 mil, após ajustes sazonais, na semana até 10 de julho, segundo do Departamento do Departamento de Trabalho dos EUA. O índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) caiu 0,5%, por sua vez, em uma base ajustada em junho, na comparação com maio, informou o Departamento de Comércio do país.

Os mercados também aguardam os dados do índice de atividade industrial de julho do Fed da Filadélfia, que serão anunciados às 11 horas (de Brasília), e a divulgação dos balanços da Advanced Micro Devices (AMD) e do Google - sem previsão de horário. Às 11 horas (de Brasília), o Comitê Bancário do Senado fará uma audiência para confirmar a indicação da presidente do Federal Reserve Bank de San Francisco, Janet Yellen, ao cargo de vice-presidente do Conselho do Federal Reserve, e a de Peter A. Diamond para ser um dos diretores do Fed. Ainda hoje, o Senado dos EUA colocará em votação o projeto de lei de reforma do sistema financeiro do país e, na ICE, vencem os contratos futuros do petróleo Brent para agosto.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    14h29

    -0,03
    3,135
    Outras moedas
  • Bovespa

    14h31

    -0,18
    75.852,54
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host