UOL Notícias Notícias
 
15/07/2010 - 12h26

Bolsas de NY caem em meio a receios com economia

Nova York - As Bolsas de Nova York acentuaram as perdas depois do anúncio de queda no índice de atividade industrial do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) da Filadélfia para 5,1 em julho, abaixo da expectativa dos economistas de alta para 10,0. O dado segue-se a uma série de outros indicadores que levantaram preocupações com a recuperação econômica dos EUA e acabaram com o entusiasmo que havia surgido mais cedo, após divulgação do balanço do JPMorgan.

Às 12h10 (de Brasília), o índice Dow Jones caía 1,01%, o Nasdaq recuava 1,17% e o S&P 500 cedia 1,12%. Antes da publicação do índice do Fed de Filadélfia, o governo dos EUA já havia anunciado queda no índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) pelo terceiro mês seguido em junho e uma expansão da atividade industrial em Nova York mais lenta que o esperado em julho.

Diante do cenário, a diminuição maior que a prevista nos pedidos de auxílio-desemprego nos EUA na semana passada - para o menor nível desde agosto de 2008 - não conseguiu animar os investidores, assim como o aumento de 0,1% na produção industrial norte-americana em junho. "Será uma recuperação muito, muito difícil", afirmou Michael Yoshikami, estrategista-chefe de investimento do YCMNET Advisors.

O balanço divulgado hoje pelo JPMorgan deu força às bolsas europeias e aos índices futuros de Nova York no início da manhã, mas o impulso não se sustentou. Às 12h10 (horário de Brasília), as ações do banco caíam 2,11%, embora seu lucro tenha subido 76% no segundo trimestre deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado. "Nós vamos começar a ver os bancos se recuperando, mas essa visão otimista de que os bancos voltarão a se fortalecer não é razoável", disse Yoshikami.

Outro fator que inspira cautela entre os investidores hoje é a China, cujos indicadores econômicos divulgados de madrugada vieram mais fracos que o esperado. O crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do país no segundo trimestre, por exemplo, se desacelerou para 10,3%. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h39

    0,26
    3,275
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h48

    1,63
    63.686,42
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host