UOL Notícias Notícias
 
15/07/2010 - 10h36

Bovespa abre perto da estabilidade

São Paulo - O efeito dos indicadores chineses na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) está sendo neutro, com os investidores mais sensíveis ao pesado calendário norte-americano. O crescimento de 76% no lucro líquido do JPMorgan no segundo trimestre, muito melhor que o previsto, se sobrepôs à desaceleração da economia chinesa. Às 10h36 (horário de Brasília), o índice Bovespa (Ibovespa) recuava 0,06%, para 63.440 pontos.

Hoje, o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) de Nova York divulgou o índice Empire State de atividade industrial, que registrou queda acentuada em julho, para 5,08, ante 19,57 em junho. Já o índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) caiu 0,5% em junho ante maio. O dado positivo foi o de pedidos de auxílio-desemprego, que caiu 29 mil, mais que os 9 mil previstos de queda.

O Produto Interno Bruto (PIB) da China mostrou desaceleração no ritmo de crescimento ao registrar alta de 10,3% no segundo trimestre deste ano, abaixo da previsão de 10,5%. O índice de preços ao consumidor da China avançou 2,9% em junho, enquanto a produção industrial (13,7%) e as vendas no varejo (18,3%) no país também se desaceleraram. A redução do ritmo na China era esperada, mas as preocupações dos especialistas estão relacionadas ao tamanho e ao tempo de duração do esfriamento da economia.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host