UOL Notícias Notícias
 
15/07/2010 - 22h57

Justiça de Minas nega habeas corpus a Bruno

São Paulo - O desembargador Doorgal Andrada, da 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, negou liminar no pedido habeas corpus impetrado por Bruno Fernandes Souza, acusado de envolvimento no desaparecimento da ex-amante Eliza Samudio.

O pedido foi impetrado pelos advogados Ércio Quaresma Firpe e Claudineia Carla Calabund, na tarde de hoje. A distribuição foi feita para a 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), que funciona na Unidade Raja Gabaglia. O mérito do habeas corpus ainda será julgado pelos integrantes da 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, na Unidade Raja Gabaglia.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host