UOL Notícias Notícias
 
15/07/2010 - 17h17

Petróleo fecha em baixa a US$ 76,62 com dados fracos

Nova York - Os contratos futuros de petróleo fecharam em baixa depois de uma leva de dados econômicos sinalizando crescimento econômico mais lento nos EUA. O contrato para agosto negociado na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex) caiu US$ 0,42, ou 0,55%, para US$ 76,62 o barril. Na plataforma eletrônica ICE, o barril do Brent recuou US$ 0,58, ou 0,8%, para US$ 76,19, no último dia do contrato de agosto. O custo do contrato que está vencendo superou o de setembro pela primeira vez em meses por causa da oferta apertada no Mar do Norte.

O petróleo recuou depois que o Fed de Nova York e o de Filadélfia anunciaram uma desaceleração no crescimento da atividade industrial regional, enquanto a produção industrial dos EUA subiu apenas 0,1% em junho, segundo o Federal Reserve. A queda do dólar ante o euro e um relatório do Departamento do Trabalho mostrando que o número de pedidos de auxílio-desemprego semanal caiu ao menor nível em dois anos moderou as perdas.

A China, segunda maior consumidora de petróleo do mundo depois dos EUA, também divulgou dados mostrando desaceleração no crescimento, com o Produto Interno Bruto do país no segundo trimestre subindo 10,3% em relação ao ano passado, de expansão de 11,9% no primeiro trimestre.

As ações, outro mercado ligado ao sentimento do investidor sobre o estado da economia, também operaram em baixa enquanto as negociações com o petróleo estavam abertas. O dólar, por sua vez, caiu forte, com o euro superando US$ 1,29 pela primeira vez em dois meses, o que ajudou a conter o declínio do petróleo. O dólar fraco torna o petróleo mais barato para compradores com outras moedas. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host