UOL Notícias Notícias
 
15/07/2010 - 17h00

PF indicia 80 pessoas por fraude em concursos federais

São Paulo - Ao menos 80 pessoas foram indiciadas pela Polícia Federal até hoje em razão da Operação Tormenta, que investiga uma suposta quadrilha que fraudava concursos públicos em todo o País há pelo menos 16 anos.

A operação foi deflagrada há um mês e já ouviu mais de 100 pessoas. Outros supostos envolvidos ainda devem ser ouvidos nos próximos dias, até a conclusão do inquérito. Na ocasião, a PF prendeu os 12 principais operadores da quadrilha, todos em São Paulo.

Entre os presos está o suposto chefe do esquema e um agente da Polícia Rodoviária Federal. Todos foram levados para a delegacia da PF em Santos, onde foram ouvidos, e depois removidos para a capital paulista.

Os exames mais visados pelo grupo envolviam carreiras estratégicas de Estado, como auditor da Receita, policial federal, oficial da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e peritos de agências reguladoras. O valor de um gabarito chegava a custar até R$ 270 mil.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host