UOL Notícias Notícias
 
16/07/2010 - 18h31

Coronel é exonerado após tiroteio matar criança no Rio

Rio - O comandante do 9º Batalhão da Polícia Militar (Rocha Miranda), coronel Fernando Príncipe, foi exonerado no início da noite desta sexta-feira. No início da manhã, uma operação da unidade comandada pelo coronel deixou pelo menos sete pessoas mortas em Costa Barros, no subúrbio do Rio de Janeiro, entre elas o estudante Wesley Rodrigues de Oliveira, de 11 anos, que foi atingido por um tiro no peito, quando estava dentro da sala de aula, no Centro Integrado de Educação Pública (Ciep) Rubens Gomes, no interior da favela Costa Barros.

Em nota, a Polícia Militar informou que "um dos objetivos da mudança de comando é garantir total isenção e rigor na apuração dos motivos da operação, bem como do procedimento adotado, que resultou na perda irreparável para uma família". Para o lugar de Príncipe, foi nomeado o tenente coronel Luiz Carlos Leal.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,22
    3,142
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,67
    70.477,63
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host