UOL Notícias Notícias
 
16/07/2010 - 12h10

Superlotação causou naufrágio no Paranoá, diz polícia

São Paulo - A Polícia Civil do Distrito Federal confirmou hoje que a superlotação provocou o naufrágio de uma lancha há cerca de dois meses no Lago Paranoá, em Brasília, que deixou dois mortos. De acordo com a polícia, a constatação é resultado de uma reconstituição do acidente. Com capacidade para seis pessoas, a embarcação levava 11, excedendo o peso máximo permitido. No naufrágio, ocorrido em 22 de maio, duas irmãs não sabiam nadar e morreram.

Para a simulação, os peritos criminais usaram a mesma lancha, que não tinha danos, para reconstituir várias situações com diferentes pesos e manobras. José da Rocha Costa Júnior, dono e piloto da embarcação, já havia sido indiciado por homicídio culposo por imprudência. Com a conclusão da causa do naufrágio, ele deve ser interrogado oficialmente pela primeira vez na próxima semana.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    14h50

    0,04
    3,268
    Outras moedas
  • Bovespa

    14h55

    1,85
    63.819,31
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host