UOL Notícias Notícias
 
21/07/2010 - 10h27

Laudo preliminar descarta agressão sofrida por Macarrão

São Paulo - O resultado preliminar dos exames de corpo de delito feitos em Luiz Henrique Romão, o Macarrão, deram negativo para agressão, segundo informações da assessoria de imprensa da Polícia Civil. O laudo ainda será encaminhado para o delegado do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa da Polícia de Minas Gerais (DHPP-MG), Edson Moreira, que investiga o desaparecimento de Eliza Samudio, ex-amante do goleiro do Flamengo Bruno Fernandes Souza.

Macarrão, amigo do atleta, passou por exames no final da noite de segunda-feira após prestar depoimento do Departamento de Investigações (DI), em Belo Horizonte. O exame foi feito a partir de uma denúncia de seu advogado de que ele teria sido agredido com um tapa no peito no interior do órgão. Além disso, Macarrão teria sido jogado no chão.

Ontem, a juíza da Vara do Tribunal do Júri de Contagem, Marixa Fabiane Lopes Rodrigues, deferiu o pedido de Adriano Ferreira do Amaral e Zanone Manoel de Oliveira Junior, advogados de Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, para que seu cliente seja encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exame de corpo de delito.

Segundo Amaral, Bola teria sido empurrado dentro de uma viatura que faz o transporte dos presos entre o presídio Nelson Hungria, em Contagem, e o DI, na capital mineira. Ao bater a cabeça, Bola teria quebrado um dente. Além disso, a defesa também solicitou autorização para que ele seja levado a um hospital. Bola sentiu fortes dores no peito ontem e pode estar com pneumonia.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,48
    3,144
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,53
    75.604,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host