UOL Notícias Notícias
 
22/07/2010 - 09h35

PF monta operação de guerra para júri de assaltante

São Paulo - Uma operação de guerra foi montada pela Polícia Federal (PF) em Santo André, no ABC paulista, para garantir a segurança da cidade durante o julgamento de um homem considerado como um dos maiores ladrões de banco do País. O objetivo é evitar que Gilmar Vilarindo de Moura, o Alemão ou Gilmar da Palmares, de 37 anos, seja resgatado por criminosos hoje à tarde, quando será julgado por um assassinato que teria cometido em 1999.

Acusado de participar de roubos a banco e carros-forte em 11 Estados, Alemão está detido na Penitenciária Federal de Mossoró (RN) desde o ano passado. Ele será transportado para São Paulo em um avião da polícia. Alegando motivos de segurança, a PF não informou o horário do voo nem a forma como Gilmar será levado a Santo André. O julgamento está previsto para começar às 13 horas.

Porém, a operação não deve afetar o funcionamento do restante do Fórum nem dos edifícios vizinhos - prefeitura e Câmara Municipal. Para montar o esquema de segurança, agentes visitaram o local diversas vezes ao longo da semana, tiraram fotografias, estudaram as possíveis rotas de fuga e se reuniram com juízes e promotores. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host