UOL Notícias Notícias
 
23/07/2010 - 21h10

PM teria exigido R$ 10 mil de rapaz após atropelamento

Rio - Roberto Bussamra, pai de Rafael, disse hoje em depoimento na 15ª Delegacia de Polícia, na Gávea (zona sul) que os policiais militares que abordaram seu filho na saída do túnel onde aconteceu o atropelamento que matou o filho da atriz Cissa Guimarães, Rafael Mascarenhas, exigiram R$ 10 mil para que ele não fosse conduzido à delegacia. Como o jovem não tinha aquele dinheiro na hora, combinaram que o pagamento seria feito na manhã daquele dia, no centro do Rio.

Roberto havia decidido entregar apenas R$ 1 mil, mas, segundo contou à delegada Bárbara Lomba, naquele momento recebeu ligação da mulher dizendo que a vítima era filho da atriz e que ele estava morto. Roberto contou ainda que passou mal com a notícia, mas que os PMs arrancaram de suas mãos o dinheiro e foram embora. As informações foram divulgadas pelo "Jornal Nacional", da TV Globo.

Os dois PMs envolvidos na suposta extorsão, o sargento Marcelo Leal de Souza Martins e o cabo Marcelo Bigon, já foram afastados pelo comando da corporação e respondem a Inquérito Policial Militar (IPM). Imagens gravadas na saída do túnel mostram os policiais liberando o motorista, logo após o acidente.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host