UOL Notícias Notícias
 
27/07/2010 - 19h20

Oito estações da CPTM são tombadas em São Paulo

São Paulo - O Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (Condephaat) informou hoje que oito estações da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) foram tombadas.

As estações são as de Rio Grande da Serra, Ribeirão Pires, Caieiras, Jundiaí, Franco da Rocha, Perus, Jaraguá e Várzea Paulista. A CPTM contabiliza 11 estações tombadas que ainda estão em operação. As estações Luz, Brás e Júlio Prestes se tornaram patrimônio histórico entre 1970 e 1980.

A antiga estação de Santos, conhecida como estação do Valongo, já é patrimônio histórico do Estado, mas hoje pertence à prefeitura local. O Condephaat informou que a resolução de tombamento incorporou dois armazéns, os primeiros de importação e exportação de São Paulo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host