UOL Notícias Notícias
 
27/07/2010 - 20h35

Polícia ouve adolescentes que divulgaram nudez em site

Porto alegre - Os dois adolescentes, um menino e uma menina, sem qualquer parentesco, que divulgaram cenas eróticas na internet foram identificados, ouvidos pela polícia do Rio Grande do Sul e liberados nesta terça-feira. O computador do jovem foi apreendido para perícia. Os investigadores ainda procuram um terceiro envolvido, que postou as imagens num site internacional.

As cenas foram transmitidas em tempo real por meio da ferramenta Twitcam, na madrugada de segunda-feira. Nelas, apareciam partes íntimas do corpo da menina, enquanto o menino dizia que os dois fariam sexo ao vivo se os acessos chegassem a 20 mil, o que não chegou a ocorrer, mesmo que o número tenha sido ultrapassado. Ao mesmo tempo, internautas começaram a denunciar a divulgação para órgãos de defesa dos adolescentes. Logo depois, o jovem retirou suas páginas de relacionamento do ar.

Depois de ouvir o depoimento, o delegado Emerson Wendt contou à imprensa gaúcha que o jovem explicou a transmissão como resultado de uma aposta. Como perdedora, a garota teria aceitado se submeter à exposição virtual, sem ter sido forçada a tanto. Quando concluir a investigação, a Polícia Civil vai enviar relatório ao Ministério Público.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host