UOL Notícias Notícias
 
28/07/2010 - 13h52

Bradesco capta R$ 3 bilhões em LF no 2º trimestre

São Paulo - O Bradesco captou R$ 3 bilhões em letras financeiras (LF) no segundo trimestre, informou o presidente do banco, Luiz Carlos Trabuco Cappi, em teleconferência com a imprensa sobre os resultados divulgados hoje.

De acordo com o presidente da instituição, este instrumento pode se tornar uma boa alternativa de captação de longo prazo no futuro, mas atualmente os prazos adotados ainda estão curtos, de dois a três anos. Segundo o executivo, que não revelou as taxas da operação, a emissão foi privada para alguns fundos.

A LF é uma espécie de debênture para os bancos. Neste mês, a Caixa Econômica Federal captou R$ 1 bilhão em letras financeiras, e anteriormente o Banco do Brasil captou R$ 1 bilhão e o Santander, R$ 500 milhões.

Este papel foi lançado pelo governo no ano passado e regulamentado pelo Banco Central em fevereiro. A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) prepara regras para criar ofertas públicas de letras. Até agora, todas as operações foram ofertas privadas, para um pequeno grupo de investidores.

Questionado sobre planos de fazer captações externas, o executivo afirmou que o banco não pretende captar recursos no exterior. "O nível de liquidez que o banco tem é suficiente, não há previsão de captação no exterior", disse Trabuco.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h49

    -0,73
    3,259
    Outras moedas
  • Bovespa

    15h57

    1,36
    64.084,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host