UOL Notícias Notícias
 
04/08/2010 - 07h25

Ásia: bolsas fecham com sinais variados; HK +0,43%

Tóquio - As bolsas asiáticas fecharam sem tendência definida nesta quarta-feira, dividindo-se entre as boas notícias locais, os fortes resultados apresentados pelas empresas e a influência do fechamento negativo nas bolsas de Nova York ontem.

A Bolsa de Hong Kong registrou a terceira alta consecutiva, liderada pelos incorporadoras imobiliárias e pelos papéis da Cathay Pacific. O índice Hang Seng subiu 0,43% e fechou aos 21.549,88 pontos.

Na China, as bolsas fecharam em leve alta, já que os ganhos com montadoras e mineradoras de ouro pesaram mais do que as preocupações com a inflação e com o declínio de ontem em Wall Street. O índice Xangai Composto, que acompanha as ações A e B, subiu 0,4% e terminou aos 2.628,52 pontos. O Shenzhen Composto avançou 0,7% e encerrou aos 1.086,99 pontos.

O yuan subiu ligeiramente em relação ao dólar, na oitava sessão consecutiva de ganhos, depois que a paridade central foi fixada numa mínima recorde. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado a 6,7722 yuans, de 6,7730 yuans do fechamento de terça-feira. A paridade central caiu para a mínima recorde de 6,7715 yuans por dólar, contra 6,7722 yuans por dólar na véspera.

A Bolsa de Taipé, em Taiwan, fechou na maior pontuação em três meses, impulsionada por ações do setor de turismo e de companhias aéreas. O índice Taiwan Weighted subiu 0,2% e finalizou aos 7.972,66 pontos.

A Bolsa de Seul, na Coreia do Sul, fechou praticamente estável, com renovadas dúvidas sobre a retomada do crescimento econômico global praticamente anulando as compras de investidores estrangeiros. O índice Kospi caiu apenas 0,1%e fechou aos 1.789,26 pontos.

Na Austrália, a Bolsa de Sydney encerrou em baixa, influenciada pelo sentimento negativo vindo dos Estados Unidos e a ausência de notícias positivas locais. O índice S&P/ASX 200 recuou 0,7% e encerrou aos 4.542,1 pontos.

A Bolsa de Manila, nas Filipinas, fechou o dia em alta. O índice PSE subiu 0,6%, fechando aos 3.503,49 pontos.

A Bolsa de Cingapura terminou em baixa pela segunda sessão depois que os mercados globais foram afetados por uma nova onda de aversão ao risco causada por temores de que novos dados mostrem que a economia dos EUA não está tão bem. O índice Straits Times cedeu 0,4% e fechou aos 3.001,87 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, subiu 0,3% e fechou aos 2.983,24 pontos, com destaque para papeis de bancos e telecomunicações, após Banco Indonésia manter a taxa de juro em 6,25% a despeito da alta da inflação.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, subiu 0,3% (10ª alta consecutiva) e fechou aos 867.34 pontos, embora realizações de lucros à tarde tenham limitado os ganhos. Investidores compraram na expectativa de altos lucros no segundo trimestre, pagamentos de dividendos e também devido a especulação.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, fechou estável, aos 1.362,74 pontos, em forte consolidação, seguindo oito sessões consecutivas de altas. As informações são da Dow Jones

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host