UOL Notícias Notícias
 
04/08/2010 - 10h35

Dólar comercial abre em queda de 0,28%, a R$ 1,754

São Paulo - O dólar comercial abriu o dia em baixa de 0,28%, negociado a R$ 1,754 no mercado interbancário de câmbio. No pregão de ontem, a moeda norte-americana fechou em alta de 0,46%, cotada a R$ 1,759. Na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), o dólar com liquidação à vista abriu as negociações em queda de 0,22%, a R$ 1,7549.

Hoje, os mercados sugerem que o ápice das tensões com as dívidas soberanas da Europa ficou para trás e que o foco passou a ser, novamente, o desempenho da atividade nos Estados Unidos. Vários indicadores vêm apontando uma fraqueza maior que esperada na maior economia do planeta. Além disso, crescem as expectativas de que o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) tome novas medidas de estímulo.

O mercado brasileiro de câmbio continua seguindo o contexto internacional, mas muitas vezes se descola do que ocorre no exterior. Com juros altos, o País segue como parte da rota preferencial de investimentos estrangeiros. Nas últimas semanas, a retração dos exportadores - que estão deixando seu capital lá fora, por conta da defasagem cambial -, as entradas financeiras menores que o esperado e a forte exposição do mercado em dólar criaram a percepção de que a queda da moeda norte-americana já estava perto do limite. Ontem, quando o dólar caía diante do euro e do iene, a moeda norte-americana subiu em relação ao real.

Hoje, o movimento da moeda depende dos dados a serem divulgados nos EUA. Os números do ADP, sobre os postos de trabalho criados no setor privado americano em julho, já foram divulgados nesta manhã e agradaram. Houve criação de 42 mil vagas no mês passado, ante previsão de expansão de 39 mil postos de trabalho.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,68
    3,173
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,44
    64.861,92
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host