UOL Notícias Notícias
 
04/08/2010 - 18h15

Homem é detido por suposta briga de galo em São Paulo

Santos - Um homem foi detido hoje em Praia Grande, na Baixada Santista, acusado de promover rinha de galos. Em sua casa, foram encontrados 15 galos presos em gaiolas, oito deles com ferimentos. Indiciado por crime ambiental, o pedreiro Genario Silva Santos, de 28 anos, foi encaminhado à delegacia.

Como o crime é considerado de menor valor ofensivo, o pedreiro vai responder em liberdade, explicou o delegado Douglas Borguez. Santos foi detido às 9h30 de hoje pela Guarda Civil Ambiental, que havia recebido uma denúncia.

De acordo com a veterinária Maria Fernanda Gonçalves, da seção municipal de Controle de População Animal da Zoonose, os ferimentos dos animais caracterizavam o envolvimento deles em brigas. "Eles estavam em gaiolas de madeiras, com ferimentos no peito, asa, dorso, sem comida e água", disse. "Só isso já comprova os maus tratos", completou a veterinária. Os animais foram atendidos pelos veterinários da prefeitura e vão permanecer com o proprietário como "fiel depositário".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,95
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h28

    -1,26
    74.443,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host