UOL Notícias Notícias
 
04/08/2010 - 20h15

MP-SP abre inquérito para investigar atrasos da Gol


Em São Paulo

O promotor de Justiça do Consumidor da capital paulista Roberto Senise Lisboa instaurou inquérito hoje para apurar a responsabilidade civil da Gol pelos atrasos e cancelamentos de voos da companhia aérea nos últimos dias.

O promotor menciona as notícias veiculadas pela imprensa segundo as quais a Gol tinha 818 voos domésticos programados para a última segunda-feira e registrou 430 atrasos superiores a 30 minutos, além de 102 cancelamentos, gerando prejuízos a mais de 40 mil passageiros.

O inquérito vai apurar a responsabilidade da empresa e eventuais danos patrimoniais e morais dos consumidores afetados pelos atrasos e cancelamentos de voos. O promotor expediu notificação à Gol para que a empresa esclareça a situação no prazo de 20 dias. Também foi expedido ofício à Fundação Procon que, em 15 dias, deverá fornecer informações sobre reclamações eventualmente cadastradas contra a empresa aérea em razão de atrasos ou cancelamentos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,63
    3,167
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,87
    65.667,62
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host