UOL Notícias Notícias
 
05/08/2010 - 10h20

Jovem é condenado a 21 anos por matar a mãe no DF

São Paulo - A Justiça condenou ontem a 21 anos e seis meses de prisão em regime fechado Anderson Ferreira da Silva, acusado de matar a própria mãe e enterrá-la no jardim de inverno da residência em São Sebastião, região administrativa dentro do Distrito Federal, a 26 quilômetros de Brasília. Ele deverá também pagar 30 dias-multa, que, no caso, equivalem a um salário mínimo vigente à época do crime. A acusação e defesa não irão recorrer.

Anderson, de 26 anos, foi condenado por homicídio qualificado por motivo fútil e por ocultação de cadáver. Beneficiado pela atenuante da confissão espontânea, ele teria matado a mãe a golpes de martelo após uma discussão doméstica sobre o volume do som da televisão.

O réu já se encontrava em prisão preventiva que será mantida pois, segundo a sentença, "as circunstâncias dos delitos, a motivação, o parentesco com a vítima e a personalidade do réu apontam a presença de indícios concretos de sua periculosidade".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,71
    3,127
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,37
    64.938,02
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host