UOL Notícias Notícias
 
06/08/2010 - 11h20

Prefeitura de SP paga R$ 69 mi a empresa sem alvará

São Paulo - Falta de alvará e de aprovação das edificações dada pela Prefeitura de São Paulo. Era assim que funcionavam duas unidades da Era Técnica na cidade. A empresa, que tem contrato com 23 subprefeituras e três secretarias, foi lacrada ontem numa ação do governo municipal. Entre janeiro de 2009 e julho deste ano, a empresa recebeu R$ 69,43 milhões da Prefeitura para realizar serviços como limpeza de córregos e conservação de vias.

A ação da as Secretarias de Controle Urbano e de Coordenação das Subprefeituras também constatou ausência de extintores e hidrantes, problemas na rede elétrica e utilização de tanque de combustível, botijões de gás e óleo diesel sem autorização. A fiscalização ocorreu por ordem do prefeito Gilberto Kassab (DEM), na quarta-feira, cinco dias após um caminhão da empresa que estava a serviço da Subprefeitura de Campo Limpo, na zona sul, ter sido flagrado despejando entulho em um córrego no distrito vizinho de M"Boi Mirim.

A ação aconteceu de forma simultânea nas unidades da Lapa, na zona oeste, e de Cidade Ademar, na zona sul. "Uma empresa com esse faturamento deveria ter o mínimo de estrutura e controle das atividades realizadas", afirmou o secretário de Controle Urbano, Orlando de Almeida.

A Prefeitura afirmou que, no momento da contratação, toda a documentação estava regularizada. O secretário afirmou que as fiscalizações são rotineiras, mas não soube informar por que ela permanecia sem documentos. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    11h49

    0,50
    3,163
    Outras moedas
  • Bovespa

    11h52

    0,59
    65.486,37
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host