UOL Notícias Notícias
 
10/08/2010 - 08h06

Ásia: bolsas caem após balança comercial da China

Tóquio - Os dados da balança comercial chinesa divulgados nesta terça-feira, que mostraram um crescimento abaixo do previsto nas importações em julho, contribuíram para a queda de quase todas as bolsas da Ásia.

Em Hong Kong, os dados da China serviram de pretexto para a realização de lucros e o índice Hang Seng encerrou em queda de 1,5%, fechando aos 21.473,60 pontos.

Na China, o principal índice acionário caiu para o menor nível das duas últimas semanas. O índice Xangai Composto, que segue as ações A e B, baixou 2,9% e encerrou aos 2.595,27 pontos. O índice Shenzhen Composto perdeu 3,3% e terminou aos 1.085,63 pontos.

O yuan caiu em relação ao dólar, recuando da maior cotação diante da moeda norte-americana desde que foram permitidas negociações com câmbio, e depois que o dólar se recuperou diante das principais divisas. Mas o dado acima do previsto sobre as exportações chinesas limitou a queda da moeda local, pois reforçou a expectativa de valorização do yuan no médio prazo. No mercado de balcão, o dólar fechou cotado a 6,7720 yuans, abaixo do fechamento de segunda-feira, quando havia ficado em 6,7671 yuans, o maior nível de fechamento desde as reformas econômicas da década de 80. A paridade central foi fixada na mínima de 6,7745 yuans por dólar, bem cima da mínima recorde de 6,7685 yuans por dólar da segunda-feira.

A Bolsa de Taipé, em Taiwan, fechou em baixa, influenciada pelo sentimento pessimista sobre a rentabilidade de empresas do setor de tecnologia e pela realização de lucros de companhias financeiras, após os fortes ganhos de ontem. O índice Taiwan Weighted caiu 0,7% e fechou aos 7.976,74 pontos.

A Bolsa de Seul, na Coreia do Sul, encerrou o dia em baixa, provocada pela realização de lucros e pela expectativa sobre a definição da taxa de juros nos EUA. O índice Kospi recuou 0,5% e encerrou aos 1.781,13 pontos.

Na Austrália, a Bolsa de Sydney fechou em baixa, após dados de comércio de julho da China revelarem um crescimento mais fraco do que o esperado das importações. O índice S&P/ASX 200 caiu 1,2% e terminou aos 4.540,7 pontos.

A Bolsa de Manila, nas Filipinas, fechou o dia praticamente estável. O índice PSE subiu apenas 0,03% e encerrou aos 3.525,81 pontos.

A Bolsa de Cingapura teve baixa, seguindo os demais mercados regionais, que recuaram influenciados por dados de importação da China em julho piores do que os esperados e uma alta dos preços dos imóveis. O índice Straits Times cedeu 0,4% e fechou aos 2.984,29 pontos.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, perdeu 1,5% e fechou aos 861,95 pontos, com realizações de lucros.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, recuou 0,8% e fechou aos 3.057,16 pontos, com a queda nos demais mercados asiáticos levando os investidores a realizar lucros depois de rali recente.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, ficou estável e fechou aos 1.359,71 pontos, com os investidores de lado. As informações são da Dow Jones

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,32
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,56
    63.760,62
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host