UOL Notícias Notícias
 
10/08/2010 - 13h05

MP quer que vigia do caso Mércia permaneça na prisão


Em São Paulo

O Ministério Público (MP) recorreu da decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) que concedeu habeas corpus ao vigia Evandro Bezerra da Silva, acusado de ajudar o advogado e policial militar aposentado Mizael Bispo de Souza a matar a advogada Mércia Nakashima, ex-namorada de Mizael.

Eles foram denunciados pela Promotoria de Justiça de Guarulhos. O corpo de Mércia foi encontrado no dia 11 de junho, na Represa Atibainha, em Nazaré Paulista. O habeas corpus foi concedido ontem.

No recurso, o procurador de Justiça Sérgio Neves Coelho pede que o TJ-SP reconsidere a decisão. Ele argumenta que a decisão da desembargadora Angélica de Almeida é "manifestamente contrária" à decisão proferida pela mesma relatora no habeas corpus impetrado anteriormente pela defesa do vigia, na qual ela indeferiu o pedido de liminar de revogação da prisão temporária de Evandro referente aos mesmos fatos.

O procurador lembra que Evandro fugiu para Sergipe durante a investigação policial do crime e sustenta que agora, depois de recebida a denúncia pela Justiça, "verifica-se risco da colocação do réu em liberdade tanto para conveniência da instrução criminal como para assegurar a aplicação da lei".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h49

    -0,59
    3,131
    Outras moedas
  • Bovespa

    15h54

    -0,21
    65.043,85
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host