UOL Notícias Notícias
 
11/08/2010 - 20h47

Petróleo cai 2,78% e fecha a US$ 78 o barril em NY

Nova York - Os contratos futuros de petróleo fecharam em queda de 2,78%, o maior declínio em um único dia desde o começo de julho. A commodity foi influenciada pelo relatório do Departamento de Energia (DOE) dos EUA, que se somou aos receios sobre a capacidade de uma recuperação econômica mais lenta dar sustentação suficiente à demanda.

Os contratos de petróleo com entrega para setembro negociados na Bolsa Mercantil de Nova York (Nymex) perderam US$ 2,23 (2,78%), e fecharam a US$ 78,02 o barril, após terem atingido a mínima de US$ 77,90 durante a sessão. O petróleo do tipo Brent com entrega para setembro fechou em queda de US$ 1,96 (2,46%), a US$ 77,64 o barril na Intercontinental Exchange (ICE).

Os preços futuros de petróleo registraram queda durante quase toda a sessão, influenciados primeiro pelos dados mostrando uma leve desaceleração no crescimento da atividade industrial da China em julho e por um crescimento bem mais fraco do que o esperado nas encomendas de maquinários do Japão em junho. A isso se somou depois o relatório do DOE, mostrando que os estoques de gasolina subiram pela sétima semana seguida, um sinal preocupante para o petróleo, com os EUA se aproximando do pico da importante temporada de férias de verão (no Hemisfério Norte).

Hoje o petróleo refletiu uma queda em vários mercado, incluindo as bolsas, outras commodities e moedas de maior risco. A queda de hoje aumentou as perdas registradas ontem após o Federal Reserve (Fed, banco central americano) reconhecer que o ritmo da recuperação nos EUA está diminuindo.

O petróleo tem acompanhando os mercados de ações nos últimos meses como um indicador para o crescimento econômico futuro. Mas os altos estoques de petróleo e derivados estão tornando difícil para a commodity subir mais. Hoje os futuros fecharam abaixo de US$ 80 o barril pela primeira vez este mês, e voltaram para a faixa de negociação entre US$ 70 e US$ 80 o barril na qual ficaram presos em maio e junho. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,48
    3,144
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,53
    75.604,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host