UOL Notícias Notícias
 
13/08/2010 - 19h05

Fiocruz produzirá remédio para pacientes renais

Rio de Janeiro - A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) produzirá o medicamento tacrolimo, que evita a rejeição do rim em pacientes transplantados. Atualmente o remédio é importado. O Sistema Único de Saúde(SUS) já distribui 19,25 milhões de unidades do remédio.

O convênio para transferência de tecnologia foi assinado ontem entre o laboratório nacional Libbs Farmacêutica e o Instituto de Tecnologia de Fármacos da Fiocruz (Farmanguinhos). A medida permitirá a economia de R$ 240 milhões nos próximos cinco anos.

Esse será o primeiro medicamento produzido a partir de parceria entre empresa pública e privada, depois da publicação da Portaria 1.284, em maio deste ano, que estabelece a lista de produtos estratégicos para o SUS.

"Essa estratégia é importante porque aumenta a capacidade brasileira de acumular conhecimento, e nos permite produzir medicamentos que antes eram totalmente importados", afirmou o ministro da Saúde, José Gomes Temporão.

A Fiocruz já está negociando também a transferência de tecnologia de medicamento contra tuberculose, que reúne quatro princípios ativos. Esse remédio é produzido pelo laboratório Luppin, da Índia.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host