UOL Notícias Notícias
 
18/08/2010 - 07h04

Bolsas da Ásia têm sinais mistos; HK perde 0,5%

Tóquio - Os mercados asiáticos fecharam sem sinal definido nesta quarta-feira. Parte das bolsas da região seguiu o embalo positivo de Wall Street, enquanto outros pregões sofreram com a realização de lucros.

Este foi o caso da Bolsa de Hong Kong, principalmente no setor imobiliário. O mercado também buscou consolidação após os recentes ganhos. O índice Hang Seng caiu 114,70 pontos, ou 0,5%, e terminou aos 21.022,73 pontos.

A Bolsa de Xangai, na China, encerrou com ligeira baixa depois de atingir, na sessão da manhã, o maior nível em mais de três meses. O mercado se consolidou após os recentes ganhos, apesar da estelar estreia da China Everbright Bank e da alta nas ações do setor automotivo. O índice Xangai Composto caiu 0,2% e encerrou aos 2.666,30 pontos. Já o índice Shenzhen Composto terminou estável, fechando aos 1.138,03 pontos.

O yuan voltou a se valorizar em relação ao dólar, após o Banco do Povo (o Banco Central chinês) fixar a taxa de paridade central dólar-yuan em um nível bem abaixo das expectativas. No mercado de balcão, o dólar terminou cotado em 6,7917 yuans, de 6,7921 yuans do fechamento de terça-feira. A taxa de paridade central foi fixada pelo BC em 6,7895 yuans ante 6,7979 na véspera.

A Bolsa de Taipé, em Taiwan, fechou em leve baixa, com os investidores realizando lucros. O índice Taiwan Weighted recuou 0,1% e fechou aos 7.924,10 pontos.

Na Coreia do Sul, a Bolsa de Seul encerrou o dia em alta, impulsionada por entrada de capital estrangeiro e pelos bons resultados do mercado norte-americano. O índice Kospi subiu 0,4% e terminou aos 1.761,99 pontos.

A Bolsa de Sydney, na Austrália, fechou com o índice S&P/ASX 200 estável aos 4.479,9 pontos.

A alta de ontem nas bolsas de Nova York estimulou os investidores da Bolsa de Manila, onde o índice PSE avançou 0,9% e fechou aos 3.534,80 pontos, a maior pontuação desde 2 de janeiro de 2008.

A Bolsa de Cingapura teve ligeira baixa, perdendo os ganhos da manhã na última hora de negociações uma vez que os mercados europeus caíram e os futuros nos EUA também baixaram. O índice Straits Times recuaram 0,05% e fechou aos 2.919,37 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, ganhou 0,6% e fechou aos 3.072,08 pontos, com investidores estrangeiros comprando papeis de selecionadas commodities, relacionadas a produtos de consumo e de bancos.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, teve alta de 1,6% e fechou aos 880,02 pontos, com ganhos em todos os setores, uma vez que o fluxo de capitais continua a ajudar o mercado. Bancos, energia e imobiliárias foram os setores entre os de maiores ganhos.

O índice composto de cem blue chips da Bolsa de Kuala Lumpur, na Malásia, subiu 0,5% e fechou aos 1.385,51 pontos, maior alta em 30 meses, ajudada pelos resultados das corporações e pelos dados do PIB no segundo trimestre, que foram de alta de 8,9% ante expectativas de 8,4%. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host