UOL Notícias Notícias
 
23/08/2010 - 14h10

Europa fecha em alta com bancos e mineradoras

Londres - As principais bolsas europeias fecharam em alta, com a maioria dos setores operando no campo positivo. As mineradoras subiram com os investidores esperando que as eleições na Austrália, realizadas no sábado, resultem num parlamento sem clara maioria, o que, acreditam, poderá encerrar o plano de adoção de um imposto extra para o setor minerador. Os bancos foram impulsionados por um acordo envolvendo o HSBC e o Old Mutual. O índice pan-europeu Stoxx 600 avançou 0,64% e fechou em 253,76 pontos.

Dados divulgados hoje mostraram que os consumidores nos 16 países que usam o euro se tornaram significativamente menos pessimistas em relação às suas perspectivas, em meio à diminuição da preocupação com o estado da economia na área em agosto. Na sua pesquisa mensal, a Comissão Europeia estima que o dado preliminar da confiança do consumidor subiu para -11,7 em agosto, de -14 em julho. Por outro lado, a atividade no setor privado da zona do euro expandiu-se mais lentamente em agosto, refletindo desaceleração nos setores de manufatura e de serviços. O índice dos gerentes de compras (PMI) composto preliminar para a zona do euro caiu para 56,1 em agosto, de 56,7 em julho.

Enquanto isso, nos EUA o Federal Reserve (Fed, banco central americano) de Chicago informou que o Índice Nacional de Atividade subiu para 0 em julho, de -0,7 em junho, em números revisados. Mesmo assim as bolsas nos EUA oscilavam entre os campos positivo e negativo perto do fechamento das sessões na Europa, ainda pressionadas pelos receios sobre a recuperação da economia global.

Mas os investidores não devem tomar os ganhos das bolsas europeias nesta segunda-feira como um indicador para o restante da semana, alertou o estrategista da Daily FX Joel Kruger. "O rali de hoje é uma oportunidade para vender. Os mercados internacionais permanecem sob pressão; o câmbio está sob pressão. A melhor explicação para os ganhos de hoje é que o volume total de negócios está bastante baixo", comentou.

"Esta semana deve ser dominada por dois temas: dados macroeconômicos e notícias sobre fusões e aquisições", disse o estrategista de mercado da City Index Joshua Raymond.

Na Bolsa de Londres, o índice FT-100 avançou 0,76%, e fechou em 5.234,84 pontos. O Old Mutual teve alta de 3,22%, após o HSBC confirmar que está em conversações para comprar a participação da companhia no Nedbank Group, na África do Sul. O HSBC subiu 0,79%. A seguradora Aviva registrou alta de 3,57%. A empresa de serviços para o setor de petróleo Petrofac avançou 3,52%, após divulgar resultados melhores do que o esperado para o primeiro semestre. As empresas do setor de mineração também tiveram um bom desempenho, com esperanças de que o imposto sobre lucros extraordinários na Austrália não seja introduzido. A Fresnillo ganhou 2,12% e a Lonmin 1,59%. BHP Billiton avançou 0,5% e Rio Tinto subiu 0,6%.

Na Bolsa de Frankfurt, o índice Xetra DAX fechou em leve alta de 0,10%, a 6.010,91 pontos, reduzindo ganhos registrados mais cedo. A farmacêutica Merck KGaA teve alta de 2,22%, depois que o banco UniCredit elevou sua recomendação para "comprar", de "manter". A Kali & Salz Beteiligungs teve alta de 2,05%, com um sentimento positivo no setor de mineração, relacionado à oferta hostil de aquisição da BHP Billiton pela Potash Corp. A Deutsche Telekom avançou 1,19%. No campo negativo, a Siemens perdeu 0,45%.

O índice CAC-40, da Bolsa de Paris, fechou em alta de 0,77%, em 3.553,23 pontos. O banco Natixis subiu 5,30%. A fabricante de aeronaves EADS teve ganho de 3,52%. A France Telecom subiu 1,55%. A Sanofi-Aventis avançou 1,91%. A Schneider Electric registrou valorização de 1,93%. A montadora Renault subiu 1,66%.

O índice FTSE-MIB, da Bolsa de Milão, fechou em alta de 0,70%, em 20.010,34 pontos. Na Bolsa de Madri, o índice Ibex-35 avançou 1,26%, e fechou em 10.221,20 pontos. Na Bolsa de Lisboa, o índice PSI-20 fechou com alta de 0,07%, em 7.375,72 pontos. As informações são da Dow Jones.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h49

    -0,73
    3,259
    Outras moedas
  • Bovespa

    15h58

    1,40
    64.109,44
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host