UOL Notícias Notícias
 
23/08/2010 - 17h10

Órgãos do TO traçam estratégia para combater incêndios

Palmas - Órgãos ligados ao meio ambiente se reuniram hoje com o 22º Batalhão de Infantaria do Exército em Palmas para traçar estratégias de combate aos incêndios no Tocantins. O número de focos já passa de 5,6 mil. Cinco aeronaves são usadas para apagar o fogo na região da Ilha do Bananal, no Parque Nacional do Araguaia.

Uma das definições do encontro foi que três bases vão ser montadas para apoiar o combate aéreo na ilha. Os pontos serão as cidades de Lagoa da Confusão e Formoso do Araguaia, ambas no centro-sul do Estado. A terceira base ficará numa região de mata, no meio da Ilha do Bananal. A bordo de uma aeronave, uma equipe vai identificar as áreas que devem ser prioritárias no combate.

Também hoje, na capital do Tocantins, dois homens foram encaminhados à Delegacia Estadual do Meio Ambiente (Dema) acusados de atear fogo em terrenos particulares na 903 Sul. No local, a fumaça escura e o forte mau cheiro chamaram a atenção do coordenador estadual do Prevfogo, Luiz Vanderlei Gama Pereira, que passava perto.

O pedreiro Idelcides de Jesus, de 56 anos, e o encarregado Valdemar Noronha, de 47, disseram na delegacia que cumpriam ordens do proprietário do terreno, Joseph Madeira, que negou que tenha solicitado o serviço. Idelcides e Valdemar vão responder ao processo em liberdade, mas podem pegar de três meses a um ano de prisão e ainda estão sujeitos a multa de até cem salários mínimos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host