UOL Notícias Notícias
 
23/08/2010 - 20h15

Suspeitos de matar advogada são presos em SP

São Paulo - Policiais prenderam hoje dois homens suspeitos de terem assassinado a advogada Adriana Souza dos Reis, de 33 anos, no último dia 4 de agosto, na Estrada da Roseira, em Mairiporã (SP). De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), a Polícia Civil continua investigando o paradeiro de outros dois suspeitos, que estão foragidos.

Um dos quatro suspeitos - um homem, de 32 anos - contratou a advogada para que ela conseguisse reduzir a pena dele de 50 anos de prisão. Adriana conseguiu diminuir a condenação para 20 anos e ficou acertado que ele pagaria R$ 150 mil pelo serviço. Desse total, o homem pagou apenas R$ 30 mil desde outubro de 2009. Para não pagar o restante da dívida, o homem decidiu matar a advogada, segundo investigação da polícia.

Um vendedor, de 40 anos, que estava no carro com a advogada na hora do crime, disse à polícia que ela recebeu a ligação de um cliente que pediu para visitá-lo. No meio do caminho, eles avistaram um carro ocupado por três homens parado na estrada.

Logo após, dois deles desceram do veículo e pediram para serem seguidos, e foram levados para um local desconhecido. Os criminosos teriam parado o carro e um deles desceu com a arma na mão e começou a atirar no casal. Em seguida, eles teriam fugido, segundo a investigação. Policiais militares socorreram as vítimas, que foram levadas ao hospital, mas a advogada não resistiu aos ferimentos e morreu. O vendedor ficou internado.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    14h50

    -0,95
    3,151
    Outras moedas
  • Bovespa

    14h53

    0,47
    70.338,52
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host