UOL Notícias Notícias
 
24/08/2010 - 16h40

Jovem mantida em cativeiro no DF teria sido estuprada

São Paulo - Uma jovem de 14 anos foi estuprada e mantida em cárcere privado durante quatro dias em Ceilândia, no Distrito Federal (DF), segundo o delegado do 24º Distrito Policial, Fernando Fernandes.

No último dia 13 a menina teria sido convidada por uma amiga para ir a uma festa em uma casa, localizada no Recanto das Emas. Ao chegar no local, ela foi impedida de sair. No período da noite, dois homens entraram na residência e "sortearam" a virgindade da menina. Ao ficar sabendo da idade dela, o homem desistiu de manter relações sexuais com a garota, segundo o delegado.

No dia seguinte, a menina foi obrigada a ingerir bebida alcoólica, cheirar cocaína e fumar maconha. De acordo com Fernandes, a menina passou a ser abusada sexualmente neste dia. A menina só foi liberada no dia 16. A colega de escola levou a vítima de volta para a casa dela e a ameaçou caso contasse a história para alguém.

A mãe da jovem percebeu que a filha estava estranha e com comportamento depressivo e decidiu levá-la até a delegacia de polícia do município, onde ela contou o que havia acontecido. Após o depoimento, a polícia prendeu cinco suspeitos de participação no crime - sendo três homens, a dona da casa onde a menina foi mantida em cárcere privado e a colega da vítima, que tem 16 anos. Segundo a polícia, a menor teria recebido dinheiro para levar uma virgem até a casa, em Ceilândia.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host