UOL Notícias Notícias
 
26/08/2010 - 12h37

Defesa Civil decreta estado de alerta em São Paulo

São Paulo - Depois de quase duas horas em estado de atenção, a capital paulista decreta estado de alerta hoje por conta da baixa umidade relativa do ar, segundo a Defesa Civil. A mudança ocorre pelo quarto dia consecutivo.

Conforme dados da estação meteorológica automática do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), no Mirante de Santana, a umidade relativa do ar encontra-se em torno de 20%, com tendência de queda.

O clima seco e quente, com baixos índices de umidade relativa do ar, que predominou neste mês de agosto, deve continuar até depois do feriado de 7 de Setembro, Dia da Independência, segundo previsão do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE).

Neste mês foram registrados apenas 0,6 mm acumulados até esta quinta-feira, o que equivale a pouco mais de 1% dos 39 mm esperados para o mês. Segundo dados do órgão, foram completados 40 dias sem chuvas significativas.

Uma nova frente fria que era aguardada para a próxima semana se propaga fraca pelo oceano e deve causar mais nebulosidade do que chuva. Haverá um grande aumento na formação de nuvens, e com a ajuda da mudança da direção dos ventos, o sistema servirá para melhorar os índices de umidade e a qualidade do ar, que nesta semana chegou a 13%.

Segundo o CGE, na próxima semana os índices mínimos de umidade devem variar na faixa perto de 30%. Na segunda-feira, 30, com a chegada da frente fria, o índice fica elevado, alcançando 60%, mas diminui durante a semana.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h59

    -0,09
    3,143
    Outras moedas
  • Bovespa

    11h03

    0,24
    68.882,74
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host