UOL Notícias Notícias
 
26/08/2010 - 18h50

Esgoto interdita laboratório de hospital de Sorocaba-SP

Sorocaba - Um vazamento de esgoto causou a interdição do laboratório de análises clínicas do Hospital Leonor Mendes de Barros, mantido pelo governo estadual em Sorocaba, a 92 quilômetros de São Paulo. De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado, o rompimento da tubulação deu-se por ação criminosa. O esgoto infiltrou pelas paredes, escorreu por todo o laboratório e atingiu também sala de microscopia.

Amostras de materiais, exames de pacientes e equipamentos tiveram de ser removidos. Parte da estrutura foi transferida para uma sala improvisada no Hospital Regional. As duas unidades fazem parte do Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS), maior hospital público da região.

O vazamento foi constatado no final de semana e até hoje o laboratório continuava interditado. A secretaria informou ter aberto sindicância para apurar o caso. A direção do hospital foi orientada para registrar ocorrência policial. De acordo com a secretaria, nenhuma amostra para exame ficou comprometida e os serviços de laboratório estão sendo feitos no Hospital Regional de Sorocaba.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host