UOL Notícias Notícias
 
26/08/2010 - 17h56

Justiça condena 3 por morte de economista da ONU

São Paulo - Foram condenados a 41 anos de prisão o cantor e pedreiro José Raimundo da Paixão, conhecido como Abelha, Juraci Oliveira dos Santos e Carlos Alberto dos Santos. Os três são acusados de matar o economista Vítor Athayde Couto Filho em julho de 2006, na Bahia. Doutorando em Economia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e mestre em políticas agrícolas pela Universidade de Campinas (Unicamp), Couto trabalhava como consultor da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO).

Os réus receberam a sentença na madrugada de hoje, no Fórum Ruy Barbosa. Os três foram condenados por homicídio triplamente qualificado, ocultação de cadáver e furto qualificado, segundo o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

A vítima, de 34 anos, se preparava para viajar à cidade de Petrolina (PE), na fronteira norte da Bahia, quando foi morta. Abelha trabalhava com o economista e foi flagrado por câmeras de circuito interno tentando fazer saques da conta da vítima em uma agência do Banco do Brasil (BB) no município de Lauro de Freitas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host