UOL Notícias Notícias
 
27/08/2010 - 10h03

Dólar comercial abre em queda de 0,17%, a R$ 1,759

Brasília - O dólar comercial abriu o dia em baixa de 0,17%, negociado a R$ 1,759 no mercado interbancário de câmbio. No pregão de ontem, a moeda norte-americana fechou em baixa de 0,23%, cotada a R$ 1,762. Na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), o dólar com liquidação à vista abriu as negociações em queda de 0,19%, a R$ 1,7584.

Hoje, as atenções estarão voltadas para o presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), Ben Bernanke, que fala às 11 horas sobre a perspectiva econômica e as políticas adotadas pelo BC norte-americano. O mercado financeiro espera que Bernanke dê uma resposta já hoje em relação ao crescimento da economia, com novas medidas para incentivar a atividade.

Enquanto esperam pelo pronunciamento de Bernanke, os investidores agem com cautela, mas a expectativa é de que o Fed não permitirá um duplo mergulho da economia dos EUA na recessão. No Brasil, a notícia capaz de destravar o mercado doméstico de câmbio seria a definição do preço do barril de petróleo no processo de capitalização da Petrobras. Ainda assim, um impacto maior nas cotações só ocorrerá se a decisão sair muito do consenso que se criou no mercado de câmbio de que o valor será intermediário entre os US$ 5 da Petrobras e os US$ 12 pretendidos pela Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Ontem, uma fonte informou que o martelo teria sido batido em US$ 8,50, mas nada foi oficializado ainda. "Como o mercado está muito travado, se qualquer desses assuntos apresentar uma boa novidade, pode haver reações. As atenções ao noticiário de hoje serão grandes", avisa um profissional.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h19

    0,40
    3,292
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h24

    -0,48
    62.954,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host