UOL Notícias Notícias
 
31/08/2010 - 08h02

Perdas em Wall Street derrubam Bolsas asiáticas

Tóquio - Os principais mercados da Ásia encerraram o mês de agosto no negativo, no embalo dos maus resultados de Wall Street e das expectativas de fraco desempenho da economia norte-americana. A Bolsa de Kuala Lumpur não operou devido a feriado local.

Este foi o caso da Bolsa de Hong Kong. O índice Hang Seng caiu 200,73 pontos, ou 1%, e terminou aos 20.536,49 pontos - no mês, o índice acumulou baixa de 2,3%.

Já as Bolsas da China sofreram com as preocupações sobre o aumento da inflação e os últimos movimentos de Pequim para controlar o setor imobiliário. O índice Xangai Composto baixou 0,5% e encerrou aos 2.638,80 pontos - em agosto, o índice apresentou estabilidade. Por sua vez, o índice Shenzhen Composto subiu 0,7% e terminou aos 1.166,50 pontos.

O yuan atingiu sua maior desvalorização em relação ao dólar em mais de dois meses, após o Banco Central chinês fixar a taxa de paridade central dólar-yuan no seu maior nível em dez semanas (de 6,8025 yuans para 6,8105 yuans). No mercado de balcão, o dólar fechou cotado em 6,8074 yuans, de 6,8030 yuans do fechamento de segunda-feira.

A Bolsa de Taipé, em Taiwan, encerrou o dia em baixa, na trilha dos resultados negativos registrados em Wall Street e com os resultados decepcionantes da Hon Hai no 1º semestre atingindo as ações de tecnologia. O índice Taiwan Weighted caiu 1,6%, fechando em 7.616,28 pontos.

Na Coreia do Sul, a Bolsa de Seul fechou em baixa, com as quedas no mercado dos EUA provocando acentuada venda de papéis domésticos por parte de investidores estrangeiros - especialmente nas ações blue chips do setor de tecnologia. O índice Kospi recuou 1% e fechou aos 1.742,75 pontos.

Na Austrália, o índice S&P/ASX 200 da Bolsa de Sydney declinou 1,1% e terminou aos 4.404,2 pontos.

Nas Filipinas, prevaleceu o otimismo sobre as perspectivas para a economia local e o índice PSE da Bolsa de Manila teve avanço de 0,2%, fechando aos 3.566,23 pontos.

A Bolsa de Cingapura teve baixa depois que sentimento global de risco enfraqueceu e os investidores fugiram de ativos de risco como ações e moedas. O índice Straits Times cedeu 0,2% e fechou aos 2.950,33 pontos.

O índice composto da Bolsa de Jacarta, na Indonésia, recuou 0,6% e fechou aos 3.081,88 pontos, influenciado pela desvalorização da moeda e quedas nas demais Bolsas da região em meio a preocupações sobre a situação econômica global.

O índice SET da Bolsa de Bangcoc, na Tailândia, subiu 0,4% e fechou aos 913,19 pontos, revertendo perdas iniciais graças a sólidas compras de diversas ações de primeira linha como Krung Thai Bank e Siam Cement, que se sobrepuseram às vendas de papeis de telecomunicações, particularmente da True Corp, a qual é vista agora como possível perdedora no leilão de licenças de telefonia móvel 3G que se dará em breve. As informações são da Dow Jones

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,48
    3,144
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,53
    75.604,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host