UOL Notícias Notícias
 
13/09/2010 - 11h25

PF destrói pista de pouso clandestina no Tocantins

São Paulo - Agentes da Polícia Federal (PF) do Estado do Tocantins destruíram um campo de pouso clandestino durante a Operação TNT, cujo objetivo é prevenir crimes de tráfico de entorpecentes, crimes ambientais e contra comunidades indígenas. A pista foi aberta na Área Indígena do Araguaia, na Ilha do Bananal, extremo oeste do município de Lagoa da Confusão, distante 220 quilômetros de Palmas. A operação começou a ser desenvolvida após a prisão de um dos traficantes, que teria utilizado a pista para o recebimento de entorpecentes.

Segundo a PF, durante o planejamento da explosão da pista foram consideradas as condições climáticas adequadas para se realizar uma operação dessa natureza. Não era possível na estação chuvosa, por impossibilidade de acesso terrestre, e, na estação seca, como agora, o cuidado tinha que ser redobrado por causa das queimadas na região.

Outra preocupação foi com a recuperação do meio ambiente, uma vez que a pista se localizava às margens do Rio Tabelaí, afluente do Riozinho, que, por sua vez, é também afluente do Javaés, braço menor do Rio Araguaia.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,56
    3,261
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h21

    1,28
    73.437,28
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host