UOL Notícias Notícias
 
30/03/2011 - 17h08

Homem mata namorada dentro de presídio em Lavínia (SP)


Em Presidente Prudente

Inconformado com o fim do namoro, o preso Donizete Bastos, de 27 anos, matou sua namorada Laura Helena Rosolem, de 20 anos. O crime ocorreu no último sábado quando ela foi visitá-lo no presídio de Lavínia, no noroeste paulista, para comunicar sua decisão de terminar o relacionamento.

Laura foi encontrada desmaiada dentro do banheiro da cela que Bastos ocupava com outros detentos. Ele chamou os seguranças e disse que tinha agredido a mulher. Mais tarde confessou o crime. Levada para o hospital de Mirandópolis, a moça não resistiu. As circunstâncias da morte estão sendo investigadas pela Secretaria de Administração Penitenciária (SAP).

A primeira providência foi transferir o acusado para outro presídio, que não foi divulgado por medida de segurança, segundo a assessoria de imprensa da SAP. Outra transferência está prevista. O detento será internado no regime Regime Disciplinar Diferenciado (RDD) da penitenciária de Presidente Bernardes.

A internação, no entanto, depende da Justiça. "Estamos aguardando a decisão da Justiça", informou a assessoria de imprensa da SAP, acrescentando que o preso ficará no RDD por "um período estipulado" pelo juiz.

Condenado por tráfico e formação de quadrilha, Bastos também responderá por homicídio. "Ele terá a pena agravada", completou a assessoria. Além do acusado, a SAP vai ouvir os presos que estavam com ele e funcionários do presídio. O casal tem uma filha de três anos. A menina será entregue aos avós paternos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,62
    4,093
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h24

    1,11
    112.199,74
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host