UOL Notícias Notícias
 
02/08/2011 - 19h12

Advogado mata namorado da sua ex-mulher no Rio


No Rio de Janeiro

Um crime passional a poucos metros da sede da Divisão de Homicídios (DH) do Rio de Janeiro deixou um homem morto e uma mulher ferida, na Barra da Tijuca, bairro nobre da zona oeste da cidade. Depois de dois anos de ameaças, o advogado Antônio Passos Costa de Oliveira, de 61 anos, esperou na manhã de hoje a ex-mulher Regina Márcia D'Ávila de Oliveira, de 48 anos, na saída do prédio dela, na avenida Afonso Taunay.

Ela deixava a garagem de carro acompanhada pelo namorado, o português Rolando Manoel Morgado Simões Palma, de 49, e o filho dela e do ex-marido, um menino de apenas 13 anos. Armado com uma pistola, o advogado abordou o veículo. Ele discutiu com o casal e atirou nos dois. Rolando morreu na hora atingido no pescoço e na perna. Regina foi ferida de raspão na cabeça e sobreviveu.

Na sede da DH, na rua General Ivan Raposo, os policiais da DH ouviram os tiros e correram até o local. O advogado foi preso em flagrante quando tentava escapar. O filho dele e da ex-mulher testemunhou o crime, mas não ficou ferido. O Consulado de Portugal foi informado sobre o assassinato pela Polícia Civil. Rolando estava no país desde o dia 16 julho e tinha passagem aérea de retorno marcada para o dia 24.

Aos policiais, o advogado negou que o crime foi passional e afirmou que não encontrava o filho há três dias. Segundo ele, a motivação foi o temor de que a ex-companheira levasse o menino para Portugal.

Veja mais

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    -0,15
    5,574
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h18

    -1,03
    82.173,21
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host