UOL Notícias Notícias
 
13/10/2011 - 11h33 / Atualizada 04/11/2011 - 17h28

Mulher encontra rato em pacote de salgadinho em SC

Solange Spigliatti
Em São Paulo
  • Mulher alega que salgadinho De Montão veio com rato dentro

    Mulher alega que salgadinho De Montão veio com rato dentro

A PepsiCo Brasil, fabricante dos produtos Elma chips, divulgou nota sobre a informação de que uma mulher teria encontrado, no começo da semana, um rato dentro de um pacote do salgadinho produzido pela empresa em Santa Catarina.

A empresa, que também fabrica o Toddynho, admitiu na semana passada que houve falhas no processo produtivo da bebida em sua fábrica de Guarulhos (Grande São Paulo). O erro fez com que embalagens de Toddynho contivessem produtos de limpeza em vez de achocolatado.

Após a reclamação da consumidora, da cidade de Joinville, que entrou em contato com a empresa por meio do Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) na terça-feira (11), a Pepsico coletou uma amostra do produto snack De Montão para análise, para averiguar se a reclamação procede e quais seriam as causas que levaram a essa contaminação do produto.

Segundo a nota, após a conclusão da avaliação, a empresa "conseguirá informar de forma transparente aos consumidores, bem como buscar evitar novas alterações em nossos produtos". A empresa permanece à disposição para esclarecimentos.

A dona de casa Angela Maria Ziele, 45, diz ter encontrado um rato morto dentro de um pacote de salgadinho da Elma Chips, em Joinville, nesta segunda-feira (10). De acordo com ela, seu filho de cinco anos comeu algumas unidades dos salgadinhos antes que ela notasse a presença do animal morto.

Angela contou que comprou o salgadinho a pedido do filho em um supermercado próximo de sua casa. "Ele abriu e começou a comer, aí meu filho mais velho foi pegar, sentiu um cheiro ruim e disse que estava estragado. Eu falei que era impossível, mas quando fui olhar o pacote vi manchas pretas no salgadinho. Fui mexendo e encontrei o rato dentro do pacote", disse.

A dona de casa imaginou que o alimento poderia estar vencido, por isso tinha um cheiro ruim. Segundo Angela, a embalagem não estava violada e não tinha como o rato ter entrado no pacote. Angela se dirigiu até o estabelecimento onde comprou o salgadinho para fazer reclamação e foi orientada a procurar a Elma Chips.

"Liguei no 0800 e me avisaram que mandariam uma pessoa na minha casa para fazer a análise. Vieram [nesta terça, 11], tiraram foto, mas não levaram o salgadinho e nem alegaram nada. A informação que tenho é de que a Vigilância Sanitária vai recolhê-lo", afirmou Angela.

Para Angela, a maior preocupação é com o filho que ingeriu o alimento. Ela disse que vai levá-lo ao médico nesta quinta-feira (13) para um check-up. "Tenho medo de leptospirose, não sei quando a doença pode se manifestar. A saúde do meu filho é o que mais me preocupa."

A PepsiCo, por meio de nota enviada ao jornal "A Notícia", do Grupo RBS, informou que tomou conhecimento da reclamação nesta terça (11), após a consumidora entrar em contato com a empresa por meio do Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) e que a companhia aguarda concluir avaliação da amostra do produto para poder se posicionar sobre o ocorrido.

Veja mais

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,61
    4,143
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h26

    0,69
    108.367,44
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host