UOL Notícias Notícias
 

06/11/2008 - 19h50

Argentina: Oposição lança críticas à estatização da previdência

ANSA
BUENOS AIRES, 6 NOV (ANSA) - A sessão especial da Câmara dos Deputados da Argentina que discute hoje o projeto de estatização do sistema previdenciário foi marcada pelas críticas feitas pela oposição contra o projeto.

O presidente da Comissão de Seguridade Social, o deputado Juan Carlos Díaz Roig, defendeu o projeto da presidente Cristina Kirchner durante discurso na sessão especial que teve início na manhã de hoje.

Em seguida, o deputado Fernando Iglesias, da opositora Coalizão Cívica, criticou a administração de Cristina. "O governo alega ter as contas em ordem, mas quer pôr a mão nesse dinheiro [dos fundos de pensão privados]".

O Pro, do prefeito conservador de Buenos Aires, Mauricio Macri, também atacou o projeto. Segundo os deputados Esteban Bullrich e Julián Obiglio, o governo está promovendo "o ataque à propriedade privada e à liberdade".

De acordo com o jornal La Nación, se prevê que a votação aconteça depois da meia-noite, já que existem cerca de 80 deputados inscritos para falar.

Segundo o jornal Clarín, a bancada governista, liderada por Agustín Rossi, da Frente para a Vitória, mostrou-se confiante diante da aprovação da medida e estima que conseguirá reunir entre 150 e 160 votos a favor do projeto.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h20

    -0,41
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h25

    0,55
    63.574,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host