UOL Notícias Notícias
 

22/12/2008 - 17h29

Espanha: Boliviano quer vender órgãos para pagar dívida

ANSA
MADRI, 22 DEZ (ANSA) - Um boliviano que vive na Espanha pediu autorização ao defensor público de Madri para vender seus órgãos e, com o dinheiro arrecadado, quitar uma dívida de 10 mil euros.

O jornalista William Carillo, de 43 anos, disse em entrevista ao jornal El Mundo que prefere "respeitar a legalidade" a recorrer ao mercado negro.

Segundo o diário espanhol, o boliviano já se aconselhou com dois advogados, pediu orientação a uma psicóloga, fez análises clínicas e estudou o que poderia ser retirado de seu corpo -- um rim, uma parte do fígado, a medula óssea e todos os fluidos.

Carillo chegou à Espanha há cinco anos. Após viver em diferentes regiões do norte e do sul do país trabalhando como camareiro, ele se mudou para Alcobendas, a 20 quilômetros de Madri, onde perderá seu emprego dentro de dois meses.

Por este motivo, pretende comercializar seus órgãos por um valor que esteja entre 100 mil e 150 mil euros. O boliviano afirmou, porém, que está aberto a negociações.

Na carta que enviou ao defensor público para justificar sua decisão, o imigrante diz que quer "melhorar a qualidade de vida de um cidadão em troca de uma justa quantidade de dinheiro".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host