UOL Notícias Notícias
 

19/01/2009 - 10h55

Papa ressalta importância de diálogo entre católicos e luteranos

ANSA
CIDADE DO VATICANO, 19 JAN (ANSA) - O papa Bento XVI afirmou nesta segunda-feira que o diálogo entre luteranos e católicos, que há dez anos levou à assinatura da Declaração Conjunta sobre a Doutrina da Justificação, vem se desenvolvendo positivamente com relação à investigação das "implicações e possibilidades de recepção" desta Declaração nas duas Igrejas.

O Pontífice fez estas afirmações ao receber nesta manhã no Vaticano uma delegação ecumênica proveniente da Finlândia, em ocasião da festa de São Henrique.

Durante o encontro, Bento XVI pediu que o diálogo que tem se desenvolvido após a assinatura da Declaração esteja ligado cada vez mais "à natureza da Igreja ao sinal e instrumento da salvação levada por Jesus Cristo, e não apenas como uma simples assembléia de fiéis ou uma instituição de várias funções".

O documento, assinado em 31 de outubro de 1999, estabelece que as religiões católica e luterana professam a mesma doutrina sobre a justificação pela fé, ou seja, que a salvação do ser humano depende completamente da graça salvadora de Deus. Divergências sobre este ponto foram um dos motivos principais que levaram à Reforma Protestante no século XVI.

A audiência com os representantes luteranos ocorre no âmbito da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos. Além disso, a peregrinação a Roma do grupo de finlandeses também ocorre em meio às celebrações do Ano Paulino, que comemora o aniversário de dois mil anos do nascimento do Apóstolo Paulo, "cuja vida esteve dedicada sem trégua à unidade da Igreja", ressaltou o Papa.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host