UOL Notícias Notícias
 

03/03/2009 - 15h34

Governo da Venezuela repudia declarações de ministro colombiano sobre ação militar no Equador

ANSA
CARACAS, 3 MAR (ANSA) - O governo da Venezuela condenou nesta terça-feira as declarações do ministro da Defesa da Colômbia, Juan Manuel Santos, que no domingo defendeu a operação do Exército de seu país contra as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) realizada em território equatoriano no dia 1º de março de 2008.

Em um comunicado oficial, o Ministério das Relações Exteriores de Caracas classificou as afirmações de Santos como "uma ameaça" para a região. No texto, o governo do país diz que "vê com suma preocupação e repudia as irresponsáveis declarações" do ministro, "que constituem uma ameaça à estabilidade e à soberania dos países da região".

Em entrevista ao jornal El Tiempo, no fim de semana, Santos afirmou que "atacar terroristas que sistematicamente atentam contra a população de um país, mesmo que não estejam em seu território, é um ato de legítima defesa e uma doutrina cada vez mais aceita pela comunidade e pelo direito internacional".

Ele se referia ao ataque realizado há um ano, que culminou na morte de 26 pessoas, entre elas Raúl Reyes, então número dois das Farc, e causou o rompimento das relações diplomáticas entre Equador e Colômbia, que ainda não foram retomadas.

Em sua nota, a Chancelaria venezuelana afirma que o ministro colombiano demonstrou, "com sua atitude repudiável e prepotente, novamente seu desprezo pelo direito internacional".

O governo de Caracas ressalta ainda que as palavras de Santos são uma "agressão à relação de convivência e respeito" dos países e uma "ameaça" à agenda de "cooperação e paz".

Em março de 2008, logo após a operação do Exército colombiano, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, envolveu-se no conflito diplomático dos dois países vizinhos declarando apoio ao presidente do Equador, Rafael Correa.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h39

    0,24
    3,287
    Outras moedas
  • Bovespa

    15h45

    -0,41
    63.000,05
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host