UOL Notícias Notícias
 

04/03/2009 - 14h08

Governo equatoriano embarga 70% de produção de petroleira francesa

ANSA
QUITO, 4 MAR (ANSA) - O Equador decidiu embargar 70% da produção da petroleira francesa Perenco, a fim de recuperar os US$ 338 milhões em tributações extraordinárias que não foram pagas ao Estado, anunciou nesta quarta-feira o ministro de Minas e Petróleos, Derlis Palacios.

O governo equatoriano iniciou ontem o julgamento contra a Perenco, cujas dívidas foram acumuladas entre abril e novembro de 2008, logo após o vencimento do prazo dado à companhia francesa para negociar o pagamento de sua dívida.

Segundo Palacios, nenhum campo ou escritório da empresa foi confiscado, e o governo não pretende fazer isso "a não que ser que no futuro seja necessário".

O ministro afirmou ontem ao site ecuadorinmediato.com que a empresa petroleira pode fazer uma proposta e que "as portas não estão fechadas para negociar a forma de pagamento".

A Perenco extrai cerca de 26 mil barris diários de petróleo da Amazônia equatoriana.

Na semana passada, o governo anunciou que havia chegado a um acordo com a petroleira espanhola Repsol-YPF, que também acumula dívida com o país, após o chanceler espanhol, Miguel Ángel Moratinos, intervir no caso.

Palacios afirmou, na ocasião, que a companhia pagaria a primeira parcela de sua dívida já no dia 17 deste mês e que deverá quitar o valor total, de US$ 440 milhões, em até cinco anos.

No ano passado, o presidente do Equador, Rafael Correa, exigiu das principais petroleiras estrangeiras -- dentre as quais a Repsol-YPF, a Perenco e a Petrobras -- a renegociação dos contratos mediante os quais atuam no país.

A medida tinha como objetivo fazer com que os grupos, que são sócios do Estado na exploração das jazidas de petróleo, passassem a ser prestadores de serviço.

Em outubro, a Petrobras assinou um contrato temporário para iniciar a migração.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host