UOL Notícias Notícias
 

11/03/2009 - 15h58

Colômbia: Organização de Piedad Córdoba pede a guerrilheiros que deixem de sequestrar

ANSA
BOGOTÁ, 11 MAR (ANSA) - A organização civil Colombianos Pela Paz, liderada pela senadora Piedad Córdoba, pediu nesta quarta-feira ao Exército de Libertação Nacional (ELN), segunda maior guerrilha do país, que interrompa os sequestros e retome o diálogo com o governo do presidente Álvaro Uribe para negociar um acordo de paz.

Em uma carta, a organização respondeu a uma solicitação da guerrilha, que no dia 19 de janeiro manifestou o desejo de iniciar "uma troca de correspondências" similar à que a Colombianos Pela Paz estabeleceu com o outro principal grupo armado do país, as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

No texto, o grupo civil afirma que o início do diálogo com o ELN deve ter "como ponto inicial a manifestação inequívoca [da guerrilha] de que também assume a decisão política de abandonar o sequestro e as demais práticas abomináveis contrárias aos princípios humanitários".

Em relação às Farc, foi graças ao contato mantido com a organização Colombianos Pela Paz que a guerrilha decidiu, de forma unilateral, libertar seis reféns no início deste ano. As operações de resgate foram coordenadas pela senadora Piedad Córdoba e tiveram o apoio logístico do Brasil.

Neste caso, o desejo do grupo civil é que o governo colombiano aceite conversar com as Farc para negociar um acordo humanitário, em que mais reféns seriam libertados em troca de guerrilheiros presos.

Representantes do ELN também se reuniram com autoridades de Bogotá para buscar a paz. A maioria dos encontros, que são promovidos desde 2005, ocorreu em Cuba. O diálogo, porém, foi suspenso quando o governo exigiu que a guerrilha concentrasse todos os seus homens em um só local e os identificasse.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host