UOL Notícias Notícias
 

11/03/2009 - 15h24

Padre de Gaza pede audiência com Bento XVI em Israel

ANSA
CIDADE DO VATICANO, 11 MAR (ANSA) - O padre Manuel Musallam, único pároco católico da Faixa de Gaza, quer que uma delegação de católicos que vivem no território palestino possa se reunir com o papa Bento XVI durante a visita que ele fará a Israel em maio.

Em declarações citadas pela agência católica Sir, Musallam explica que "na Faixa de Gaza são muitos os que querem ir ao encontro do Papa, mas ninguém confia em Israel".

O governo de Tel-Aviv, contudo, mostra-se disposto a permitir que o grupo de palestinos possa ir aos locais que serão visitados pelo Papa no país: as cidades de Jerusalém, Belém e Nazaré.

O padre espera poder ser recebido por Bento XVI "nem que seja por poucos minutos". Sua ideia é expor a situação dos católicos que vivem em Gaza durante o encontro.

"Temos o direito de expor ao Papa a nossa situação. Não basta estar na multidão dos fiéis e saudá-lo quando estiver passando. Precisamos falar com o Papa", enfatizou.

Musallam confirmou ainda a notícia de que dois ônibus de Gaza levarão os fiéis ao encontro de Bento XVI. O padre disse, porém, estar preocupado com a viagem, porque, segundo ele, muitas dificuldades serão enfrentadas.

"Nem todos poderão ir ao encontro de Bento XVI, será preciso fazer escolhas. Não há só católicos que querem encontrar o Papa, mas também cristãos de outras denominações e muçulmanos", explicou.

Bento XVI visitará a Terra Santa entre os dias 8 e 15 de maio. Segundo o programa oficial, a viagem deve começar pela Jordânia e prosseguir em Israel, onde ele estará a partir do dia 11.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host