UOL Notícias Notícias
 

11/03/2009 - 09h59

Papa Bento XVI condena ataques realizados na Irlanda do Norte

ANSA
CIDADE DO VATICANO, 11 MAR (ANSA) - O papa Bento XVI condenou nesta quarta-feira os atentados cometidos nos últimos dias na Irlanda do Norte, que já deixaram três mortos e quatro feridos.

Em um apelo ao término da audiência geral, o Pontífice disse ter recebido "com profunda dor as notícias do assassinato de dois jovens soldados britânicos e de um agente de polícia".

Ratificando sua "proximidade espiritual às famílias das vítimas e aos feridos", o Papa exprimiu "a mais forte condenação aos tais atos de terrorismo, que, além de profanarem a vida humana, põem em perigo o processo político em curso na Irlanda do Norte e ameaçam a esperança dada à região e ao mundo".

"Rezo ao Senhor para que ninguém se deixe vencer novamente pela horrenda tentação de praticar a violência, e para que se multipliquem os esforços para continuar a construir uma sociedade pacífica, justa e reconciliada, por meio da paciência do diálogo", apelou Bento XVI.

O Pontífice recordou ainda as raízes cristãs da Europa, ao ressaltar o papel de São Bonifácio, missionário do século VIII, na evangelização da Grã-Bretanha, da Alemanha, dos Países Baixos e da França.

Bento XVI também convidou os fiéis a acolherem em suas vidas a palavra de Deus, a amar apaixonadamente a Igreja e a união dela com o sucessor de Pedro, e a promover o progresso do homem, "iluminando a cultura com a fé cristã".

Conflito na Irlanda do Norte

No último sábado, dois soldados britânicos foram mortos e quatro pessoas ficaram feridas em um atentado contra um quartel localizado ao norte da capital do país, Belfast. No dia seguinte, o IRA Real, grupo dissidente do Exército Republicano Irlandês (IRA), assumiu a autoria do ataque.

Outro policial foi morto na segunda-feira, em uma emboscada a 40 quilômetros de Belfast, mas nenhuma organização reivindicou a autoria deste atentado até o momento.

Os conflitos na Irlanda do Norte são causados, principalmente, por desavenças políticas e religiosas. Parte da população protestante defende que o país deve continuar sob o domínio de Londres, enquanto os católicos da região lutam pela anexação da Irlanda do Norte à República da Irlanda.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,95
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h28

    -1,26
    74.443,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host