UOL Notícias Notícias
 

12/03/2009 - 08h48

Fidel retoma notícias da semana para exemplificar a 'crise do capitalismo'

ANSA
HAVANA, 12 MAR (ANSA) - O ex-presidente cubano Fidel Castro avaliou, em seu novo artigo, a "incurável crise" do "capitalismo desenvolvido", utilizando como exemplos para seus conceitos notícias publicadas por agências internacionais.

Intitulada "As Angústias do Capitalismo Desenvolvido", o novo artigo do ex-presidente cubano, em sua coluna "Reflexões do companheiro Fidel", faz um recorte de notícias sobre a economia internacional publicadas na última segunda-feira.

O dia 9 de março "foi um maravilhoso dia de contradições do capitalismo desenvolvido em meio à sua incurável crise", escreveu Fidel.

O ex-líder cubano citou, entre outros, relatórios da queda econômica da América Latina, de planos para maior utilização do etanol como combustível nos Estados Unidos para reduzir importações petroleiras e o aumento do narcotráfico na região latino-americana.

"Estas notícias, bem frescas, que as agências publicaram na segunda-feira passada, demonstram quão dignas de crédito foram as conclusões de Atílio Borón na síntese publicada pelo Granma nesse mesmo dia", disse, mencionando novamente o especialista argentino, a quem havia dedicado uma reflexão anterior.

Nessa ocasião, Fidel considerou o trabalho do sociólogo argentino "uma Bíblia" para compreender a crise econômica mundial.

No documento apresentado neste mês em uma conferência internacional de economistas realizada em Havana, Borón afirma que o panorama atual demonstra a "crise geral do capitalismo, a primeira de uma magnitude comparável à de 1929".

Segundo Fidel relatou em sua reflexão passada, o argentino afirma que esta é "uma crise integral, civilizacional, multidimensional, cuja duração, profundidade e alcances geográficos certamente serão de maior envergadura do que as [crises] que a precederam".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    14h49

    0,29
    3,155
    Outras moedas
  • Bovespa

    14h56

    -0,06
    68.674,30
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host