UOL Notícias Notícias
 

13/03/2009 - 10h34

Equador e petroleira Repsol-YPF chegam a acordo para exploração de petróleo

ANSA
QUITO, 13 MAR (ANSA) - O governo equatoriano e o grupo espanhol Repsol-YPF chegaram na última quinta-feira a um acordo para regulamentar a permanência da petroleira no país, após negociações que duraram mais de um ano, em meio a tensões com a ameaça de expulsão da companhia.

Em várias ocasiões, o Equador ameaçou expulsar e processar a companhia, alegando que o grupo não pagou as dívidas pendentes com o país, que somadas chegariam a US$ 440 milhões.

Com o novo contrato, de cárater transitório e com um ano de vigência, a petroleira poderá realizar atividades de exploração no bloco 16 e no campo Bogui-Capirón, localizados na Amazônia equatoriana, até 2018.

O acordo prevê também que tanto o Equador quanto a Repsol-YPF deverão retirar as ações que moveram um contra o outro.

Assinado pelo presidente da estatal Petroecuador, Luis Jamarillo, e pelo gerente-geral da Repsol-YPF no país, Sergio Affronti, o acordo pode ser concluído após o chanceler espanhol, Miguel Moratinos, se reunir no fim de janeiro com o presidente equatoriano, Rafael Correa, e com diretores da petroleira. A produção atual da companhia é de cerca de 40 mil barris diários, sendo que em 2007 este número chegou a 64 mil.

Associações ambientalistas equatorianas, no entanto, se opõe ao contrato, já que a petroleira trabalha em áreas de um parque nacional.

No ano passado, o governo equatoriano exigiu das principais petroleiras estrangeiras -- dentre as quais a Repsol-YPF e a Petrobras -- a renegociação dos contratos mediante os quais atuavam no país.

O objetivo era fazer com que os grupos, que eram sócios do Estado na exploração das jazidas de petróleo, passassem a ser prestadores de serviços. Em outubro, a Petrobras assinou um contrato temporário para iniciar a migração.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host